top of page

PESQUISAS EM TEMAS DE CIÊNCIAS DA SAÚDE - VOLUME 1

Carlos Erick Brito de Sousa

ISBN: 978-65-991752-3-7
DOI: 10.46898/rfb.9786599175237

Sinopse

As pesquisas na área de Ciências da Saúde possuem grande relevância científica e social, perpassando questões relativas à prevenção, promoção, educação, gestão e políticas de saúde, dentre outras perspectivas, discutindo os complexos e multidisciplinares aspectos relacionados à melhoria da qualidade de vida. Estes estudos são constituídos por abordagens multifacetadas que inter-relacionam diferentes campos do conhecimento, no intuito de contemplar a Saúde como objeto de investigação científica e espaço de atuação profissional, em suas dimensões sociais, culturais, econômicas, ambientais, políticas, éticas e epistemológicas.
É esta a tônica que demarca a construção desta coletânea, buscando ampliar o escopo de produções acadêmicas na área de Saúde, multiplicar conhecimentos e incentivar a realização de novos trabalhos. Nesse sentido, o livro “Pesquisas em Temas de Ciências da Saúde”, em seu primeiro volume, é constituído por 16 artigos, que contemplam diferentes nuances de pesquisas nesta área, contribuindo para o enriquecimento do debate científico.
O primeiro capítulo, de Luiz Lima Junior e Maria Gabriela Lima, intitulado “A importância dos protetores bucais para a prática de esportes”, discute sobre a utilização destes materiais na prevenção de lesões faciais e traumas dentários, que oferecem contribuições à saúde bucal, à área de Odontologia e proporcionam melhor rendimento nas práticas esportivas.
No capítulo seguinte, que possui como título “Assistência espiritual de enfermagem ao paciente cirúrgico: uma revisão integrativa da literatura”, Gustavo Correia, Leidileia Ferraz e Jaqueline Bittencourt analisam aspectos relacionados à espiritualidade no contexto do processo cirúrgico e assistência de enfermagem, destacando o crescente interesse científico sobre esta temática.
Diante do cenário de distanciamento social e maior reclusão das pessoas em suas residências, como estratégia para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus, uma das preocupações de profissionais da área da Saúde se refere às perspectivas de continuidade da prática regular de exercícios físicos. Nesse direcionamento, Luiz Lima Junior e Nayane Lima se debruçam sobre essas questões, no capítulo “Exercício físico em meio a pandemia do coronavírus”.
A seguir, o texto “Psicologia dos grupos: uma revisão integrativa de estudos da abordagem centrada na pessoa”, de Washington Silva, discorre sobre o panorama de publicações brasileiras que contemplam estudos ancorados nessa abordagem, asseverando a sua relevância para o campo da Psicologia. Também inserido no contexto da Psicologia, o capítulo “Suporte psicológico no enfrentamento de pacientes e familiares na internação hospitalar”, de Wandeclebson Ferreira Júnior, traz à tona vivências profissionais em que o apoio psicológico corrobora para o enfrentamento de situações de adoecimento e hospitalização.
“Grupoterapias e suas veiculações nas produções científicas nacionais: uma revisão integrativa”, do autor Washington Silva, é outro capítulo que aborda questões relacionadas ao âmbito da Psicologia, discorrendo sobre as tendências encontradas e a relevância dessas discussões para o contexto clínico-social brasileiro.
Ainda no campo da Psicologia, tomando por base um referencial sobre preconceito, estereótipos, discriminação e atitudes, Washington Silva e Lucas Dantas sustentam as discussões do artigo “Atitudes frente aos homossexuais: uma revisão sistemática”.
Alexandre Souza e Leidileia Ferraz, em seu texto “Desafios do administrador na gestão pública hospitalar”, discutem sobre a importância da introdução e valorização dos profissionais de Administração em hospitais e organizações de saúde, ao assumirem as funções de gestão hospitalar.
No capítulo seguinte, intitulado “A importância das ações preventivas de combate ao mosquito Aedes aegypti”, Isabela Sousa e colaboradoras realizam uma ampla revisão de literatura sobre as abordagens de medidas de prevenção à proliferação desse mosquito. As autoras destacam a importância da vigilância epidemiológica no combate à dengue e a relevância dessas medidas de controle.
O próximo texto também contempla questões relacionadas à Saúde e Ambiente, debatendo sobre os reflexos da construção desordenada em um município brasileiro.
Com o título “Entrando no clima: uma análise sociológica das relações entre a sociedade e o meio ambiente no município de Raposa – Maranhão”, Débora Pessoa e colaboradores analisam as consequências do processo de urbanização.
“Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade em adultos” constitui o artigo subsequente, de autoria de Wandeclebson Ferreira Júnior e Mateus Trindade. A investigação revela que a produção acadêmica com essa perspectiva ainda se mostra escassa, denotando maior atenção no âmbito das pesquisas no campo da Saúde.
O estudo a seguir, tendo como título “Nanopartículas com ação antitumoral: uma revisão integrativa da literatura”, de autoria de José Geraldo Santos Júnior e colaboradores, demonstra a relevância da nanotecnologia para a área de Oncologia, contribuindo para a ampliação das discussões sobre essa temática. O próximo artigo é intitulado “Atuação de residentes multiprofissionais em saúde: apoio e suporte em abrigo para população em situação de rua”, de Igor Silva e colaboradores, discutindo a garantia de direitos fundamentais, as problemáticas de saúde das pessoas em situação de rua e as estratégias de educação em saúde na atuação de residentes multiprofissionais.
No intuito de ampliar a rede de conhecimentos e investigações em torno da pandemia do novo coronavírus, Maria Eduarda da Silva e colaboradores, no capítulo “Manifestações neurológicas da Covid-19: uma revisão”, buscam contribuir para as discussões sobre o prognóstico e avaliação precoce da doença.
O estudo seguinte, “Alterações maxilofaciais na displasia cleidocraniana : revisão de literatura”, de Efigênia Oliveira e colaboradores, visa a compreender aspectos relacionados ao diagnóstico, formas de tratamento e outras características desse problema de saúde, a partir da análise de publicações acadêmicas.
E, no último capítulo, com o título “Indicativos da prática de atividade física relacionados ao estresse e ansiedade em tempos de Covid-19”, de Pedro Nascimento e Jefferson Lopes, é feita uma análise sobre a prática de atividade física durante o período de distanciamento social em função da pandemia do novo coronavírus. Os autores ressaltam a importância das atividades físicas para alívio do estresse, bem-estar emocional e físico, possibilitando melhor qualidade de vida.
Diante deste rico e diversificado panorama de trabalhos, enseja-se que as produções acadêmicas desta coletânea proporcionem boas leituras, relevantes contribuições à área de Ciências da Saúde e que possam inspirar e nortear a construção de novas propostas de pesquisa.

Data de publicação:

18 de janeiro de 2021 20:48:41

Gostou? Comente!
Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Kommentare konnten nicht geladen werden
Es gab ein technisches Problem. Verbinde dich erneut oder aktualisiere die Seite.
bottom of page