top of page

HIPERÊMESE GRAVÍDICA

Antonio Augusto dos Santos Batista Filho
Breno Monteiro Bressan

DOI: 10.46898/rfb.9786558893639.4

Sinopse

A êmese e a hiperêmese gravídica diferem apenas na intensidade e na clínica de seus efeitos. A hiperêmese configurando a sua forma grave. Náuseas e vômitos da gravidez afetam 70 a 85% das grávidas. Do ponto de vista epidemiológico, a hiperêmese gravídica é cada vez mais rara, e ocorre em 0,5 a 2% das gestações. A hiperêmese gravídica, tem como sua definição mais aceita aquela que considera a perda ponderal de 5% do peso pré-gravídico; anormalidades como desidratação e desnutrição costumam estar presentes. A hiperêmese gravídica ocupa a segunda posição entre as causas mais frequente de internação hospitalar, após o parto pré-termo.

Data de publicação:

5 de outubro de 2022 14:33:28

Gostou? Comente!
Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Adicionar avaliação
Deine Meinung teilenJetzt den ersten Kommentar verfassen.
bottom of page