top of page

POTENCIAL BIOLÓGICO E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE Spondias tuberosa Arr. Cam.: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Pesquisas em Temas de Ciências da Saúde

Rodrigo Luiz Fabri
Natasha Silva Mayrink
Thayná Gomes Ferreira
Ari Sérgio de Oliveira Lemos
Gustavo Lucas da Silva Lima
Matheus Torres Branca
Mariane Rocha Cordeiro Comitre
Júlia Bertolini Fajardo
Núbia Benini Anddrade
Rozângela Magalhães Manfrini

DOI: 10.46898/rfb.

baa363d0-75d5-428e-8a71-b3a01234ea44

Sinopse

Atualmente, a pesquisa de plantas medicinais para a descoberta de novos compostos terapêuticos tem ganhado crescente relevância. Dentre essas espécies, Spondias tuberosa Arr. Cam., também conhecida como umbuzeiro, é uma planta nativa adaptada ao ambiente semiárido brasileiro, caracterizado por condições climáticas desafiadoras. Seus usos populares na medicina tradicional abrangem uma ampla gama de condições, incluindo distúrbios no sistema endócrino, metabólico, gastrointestinal, respiratório dentre outros, com compostos bioativos que conferem a ela propriedades biológicas e potencial terapêutico de interesse. A composição química de S. tuberosa é influenciada por diversos fatores, incluindo condições ambientais, genéticas e fenotípicas, resultando em uma notável diversidade de metabólitos secundários, tais como compostos fenólicos, carotenoides e flavonoides. Suas propriedades biológicas incluem atividades antioxidantes, antidiabéticas, anti-inflamatórias e antimicrobianas.

Data de submissão:

26 de outubro de 2023 13:23:18

Data de publicação:

6 de novembro de 2023 21:35:03

Gostou? Comente!
Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Adicionar avaliação
Share Your ThoughtsBe the first to write a comment.
bottom of page